Intercetar a comunicação entre tumores

Para comunicar as células trocam entre si esferas microscópicas que viajam por todo o corpo. Poderão estas minúsculas vesículas servir para detetar e monitorizar o cancro?

Laboratório Sistemas Oncológicos
Unidade do Sistema Digestivo, Unidade de Mama, Unidade de Hemato-oncologia, Unidade de Ginecologia,
Unidade de Pulmão

A Pergunta

A deteção de pequenos tumores e dos estádios iniciais das metástases representa um enorme desafio para os médicos. É por isso essencial o desenvolvimento de novos métodos capazes de superar os desafios impostos pelos diagnóstico e tratamento precoces.

Metodologia científica

As células participam num vasto conjunto de processos fundamentais ao bom funcionamento do corpo, entre eles, a produção de exossomas, umas nanoesferas lipídicas. Os exossomas desempenham o papel de mensageiros, viajando para locais remotos através da corrente sanguínea, levando "mensagens moleculares" até outras células. Estas mensagens influenciam a atividade das células-alvo dando resposta às necessidades do corpo.

Descobertas recentes mostram que este processo, que ocorre naturalmente, também pode ser utilizado por células tumorais para promover a formação de metástases. Mais especificamente, as células tumorais secretam exossomas que estimulam células saudáveis, localizadas ​​em locais remotos, a preparar o tecido para a invasão do tumor.

No seguimento destes e de outros resultados, a equipa de investigação está a criar um “Biobanco de exossomas”, partindo de amostras de sangue de doentes. Estes dados permitem investigar a melhor maneira de intercetar os exossomas secretados por células tumorais e usá-los para detetar o cancro e as metástases.

Neste momento

A equipa identificou uma população específica de exossomas no sangue capaz de fornecer informação, em tempo real, sobre a resposta que doentes com cancro pancreático metastático estão a ter ao tratamento por quimioterapia. O grupo desenvolveu ainda uma nova tecnologia que permite o estudo de exossomas no sangue de doentes, em menos de quatro horas.

Cancro - Diagnóstico - Investigação Translacional / Clínica / Básica
© 2020 Champalimaud Centre for the Unknown. All rights reserved.